Eclipse

1. Introdução

Para trabalhar com projetos Web em java há necessidade de alguns programas que serão abaixo discriminados:

Java Standart Edition - Java SE (JDK)

É o próprio programa Java, porém as aplicações desktop são executadas pelo console, não possui uma interface gráfica.

O Eclipse IDE for Java EE Developers

É a versão para a criação de projetos Web e projetos desktop, como o próprio nome sugere, já possui a biblioteca Java EE.
É um projeto que faz parte do Eclipse.Org e tem por finalidade prover um ambiente de desenvolvimento padrão para web sob a plataforma Eclipse, sendo formado por um conjunto de APIs para JEE e aplicações web, além de ferramentas para suporte de deploy e testes de aplicações.

O Java Enterprise Edition (Java EE)

É uma biblioteca voltado para aplicações Web, ou seja, para internet, devendo salientar que ela é dependente do Java básico, o JDK, que deverá estar previamente instalado.
Essa plataforma tem as mais diversas APIs (Application Programming Interface), cuja união originou a idéia de enterprise, daí a sigla J2EE. A arquitetura J2EE é voltada para aplicações em multicamadas, java server page e servlet.

Tomcat
O Tomcat já tem as APIs necessárias para a criação de JSP e Servlets, não precisa instalar
a API do Java EE.

Portanto, há a necessidade da instalação primeiro do JDK, depois do Tomcat que é o servidor que aceita a tecenologia Java, e por último do Eclipse Java EEDevelopers.

Wamp
Para  a ulilização de banco de dados foi escolhido o Mysql,  sendo mais conveniente utilizar o Wamp (Apache, Mysql e Phpmyadmin para o Windows) que possuir um administrador para o banco de dados, o programa phpMyadmin. Quando for utilizar o Tomcat é só parar o serviço do Apache e manter o serviço do Mysql, a instalação do Wamp pode ser em qualquer ordem.



Obs: enterprise (ˈɛntərpraɪz): s. 1. empresa, 2. empreendimento, 3. iniciativa (capacidade de tomar decisões, etc.)

1. 1. Java Standart Edition - Java SE (JDK):
a) Download
Site: http://www.oracle.com/technetwork/java/index.html
Menu: Dowload
Java for Developers

Browse by Category:
Java
Java SE
Java SE 7u11
Download
jdk-7u11-windows-i586.exe (para windows de 32 bit)


Obs:  procure o arquivo que você o achará

b) Após o download é só instalar. ( no meu caso foi baixado a versão 1.7.0).
c) Crie uma pasta chamada java no diretório raiz (c:/) onde será instalado o programa, dentro desta pasta será criado mais duas no momento da instalação.
d) Após aceitar os termos do contrato será solicitado dois diretorios que serão sugeridos, o primeiro corresponde ao jdk, mude para o diretório raiz (ficará assim c:/java/jdk170) e retire os pontos, pois, no modo prompt do dos não aceita essa formatação, o segundo diretório corresponderá ao jre, da mesma forma, mude para o diretório raiz e retire os pontos (ficará assim c:/java/jre170), os números correpondem a versão, eles devem ser mantidos para facilitar a sua identificação.
e) Após a instalação será necessário a configuração da variável de ambiente no windows, siga os seguintes passos:
- No windows vá até o sistema:
Botão iniciar > Painel de controle > Sistemas e Manutenção > Sistema > Configurações Avançadas do Sistema
- Criar uma variável de sistema com o nome CLASSPATH (botão novo) e referencia onde esta localizados os arquivos .jars do jdk
No meu caso ficou: c:\java\jdk170\lib\tools.jar;%PATH%
- Da mesma forma criar uma variável de sistema com o nome JAVA_HOME (botão novo) e referencia onde foi instalado o jdk.
No meu caso ficou: c:\java\jdk170
- Agora é só acrescentar  na variável já existente, de nome Path em variáveis de ambiente a pasta bin do jdk:
c:\java\jdk170\bin;
- reinicie o computador para o novo ambiente.
Obs: coloque no primeiro item, logo após o c:\, repare que há um ponto e vírgula separando os demais ítens já existentes, cuidado para não apagar ou alterar outras referência, isso comprometerá a funcionalidade do windows.
f) após a instalação teste  a compilação com o comando javac no prompt do dos e o comando java na execução de um programa teste.
g) teste do programa:
- abra o prompt do dos e digite o seguinte comando:
c:\> java -version
- se a instalação estiver bem sucedida será apresentado a versão do programa java version "1.7.0" ...
Obs: em algumas versões do JDK, é necessário inserir o parâmetro -cp para informar à máquina virtual que as classes de execução estão no diretório corrente (ponto) .
Exemplo:
>java -cp . NomeDaClasse

Observações:
1) Java SE Development Kit = JDK (SE: Standart Edition)
2) Java Runtime Environment = JRE = JVM + APIs
   Compila através do comando javac, ou seja,  lê o arquivo fonte .java e gera o arquivo de classe .class no formato de bytecodes. É um pacote de software executado como um aplicativo do sistema operacional.
   Uma API é uma coleção de componentes de software que já vêm prontos para serem usados.
3) Java Virtual Machine = JVM
   Software que emula CPU e memória para a execução de programas em Java. Executa (interpreta) aplicativo java.
4) A próxima figura é possível visualizar o conteúdo do JDK simplificado.

1.2. Instalação do Apache Tomcat
- Acesse o site: http://tomcat.apache.org/
- Tomcat 7.0
Core: zip
apache-tomcat-7.0.42.zip
- Crie uma pasta no diretório raiz, com o nome apachetomcat (c:/apachetomcat) descompacte o arquivo baixado em outra pasta e mova os arquivos para a pasta tomcat. (isto é necessário para que não haja espaço em branco, caracteres não usuáis no caminho da executável do Tomcat, ou que tal caminha seja muito longo.
O Tomcat é inicializado clicando no arquivo startup, localizado na pasta bin e para encerrar a execução basta clicar no arquivo shutdown.
As páginas são armazenadas no diretório webapps do Tomcat, por padrão.
As paginas são executadas pelos brownsers (navegadores), bastando digitar seu caminho.
Exemplo: localhost:8080/pagina.html
Obs:
Porta: 8080
Local de armazenamento: c:/...webapps/pagina.html

O Eclipse e o Netbeans possuem versões voltadas para aplicação internet, porém necessitam do servidor Tomcat ou outro servidor similar.
Versões campatíveis:

Tomcat Servlet JSP Java EE Java SE mínimo
7.0
3.0 2.2 Java EE 6.0 JDK/JRE 6 (1.6)
6.0 2.5 2.1 Java EE 5.0 JDK/JRE 5 (1.5)


1.3. Instalação do Wamp

Acesse o site http://www.wampserver.com/ para o download, a instalação é fácil.
Utilize o phpMyadmin para criar o banco de dados e as tabelas, quando for utilizar o Tomcat e o Mysql é só parar o serviço do Apache do Wamp e continuar com o serviço do Mysql.

1.4. Instalação do Eclipse IDE for Java EE Developer
1.4.1. Download do  Eclipse IDE for Java EE Developers
Acesse o site: http://www.eclipse.org/


Clique no menu download

 

Baixe a versão eclipse-jee-juno-SR1-win32


1.4.2. Instalação o Eclipse

- para instalar é só descompactar o arquivo baixado.

2. Utilização do Eclipse

Vá até a pasta onde o Eclipse foi descompactado, clique na executável, arquivo de nome eclipse.

- Ao iniciar o Eclipse escolha a pasta webapps do Tomcat para armazenar os programas web, pois esta é a pasta padrão do Tomcat para executar as páginas web.

Observe que se for escolhida a pasta padrão do Eclipse, C:\...\workspace, será gerado o erro abaixo quando a aplicação for executada:

Janela de abertura:


No menu Windows há várias opções de visualização:


Package Explorer:
Janela contendo todos os projetos desenvolvidos, cada projeto representa um programa ou aplicação:
Menu Window > Show View > Package Explore ou clique no botão JJava.
Console:

Janela responsável pela saída de padrão para mensagens proveniente qualquer programa Java.
Problems:
Janela que indica erros contidos no código ordenados pela linha em que acontece.
Janela com código:
Janela onde aparecerá o código fonte do arquivo .java selecionado no momento. Tal janela aparece automaticamente ou dando 2 cliques em algum arquivo .java presente na janela Package Explorer.

2.1. Modo de visualização
2.1.1. Package Explore

Menu Window > Show View > Package Explore

2.1.2. Project Explore

Menu Windows > Show View > Project Explore

 Nova janela com os dois tipos de visualizações


Obs:

O botão Java EE corresponde a visualização do Project Explore, ao passo que o botão do lado esquedo,J Java, corresponde ao Package Explore

3. Preparação do Eclipse para criar um projeto Web
Menu Windows > Show View > Project Explore

3.1. Adicionar o Tomcat no Eclipse:
Menu Windows > Preference:
Server > Runtime Environments > Add... > Apache Tomcat v7.0 > Next
Name: Apache Tomcat v7.0
Tomcat installation directory: C:\apache-tomcat-7.0.42-windows-x86\apache-tomcat-7.0.42

JRE:
Installed JREs... > Add... > Standard VM > Next
JRE home: C:\java\jdk17025
JRE name: jdk17025
Finish

Para adicionar o JRE também pode ser:
Windows > Preference: Java > Installed JREs > Add
...

3.2. Criar aplicações web com o Eclipse:
File > Project > Web: Dynamic Web Project
Next
Project name: ProjWeb
Next
Next
Finish

Para executar o projeto
Selecione-o.
Run > Run As > 1 Run on Server > Next > Finish

Obs:
1). atenção na configuração das portas.
2). foi referenciado o jre, que está em C:\java\jdk17025,  e não o jre7 que está em c:/java, ou seja, ao instalar o jdk será instalado um jre dentro do jdk e outro fora do jdk, caso tenha dúvida consulte a página. http://www.miscelaneadoconhecimento.com.br/, aba Java, Apostila I.

4. Estrutura de diretórios em um Projeto Web
4.1. Package Explore (visualização)

Um projeto web no eclipse consiste em uma estrutura de diretórios, onde cada diretório tem suas respectivas funções no projeto que são:
build: Diretório onde ficaram os arquivos compilados seguindo a estrutura de package do diretório src.
src: Diretório onde ficaram armazenados packages e classes.

WebContent: Diretório principal, aonde encontramos todos os recursos de web, como páginas, arquivos gráficos e afins. Também ficam aqui os arquivos JSP. Dentro dela encontramos as pastas META-INF e WEB-INF.

META-INF: encontramos o arquivo MANIFEST.MF, que é usado para mapear caminhos de classes que sejam dependências de nosso projeto.
WEB-INF: temos o diretório lib, aonde devem ser colocadas bibliotecas que sejam necessárias a aplicação.

4.2. Project Explore (visualização)
Java Resource (src):
Contém o código fonte Java de servlets, classes e beans. O conteúdo deste diretório não é adicionado automaticamente ao WAR que for gerado, apenas se for implicitamente adicionado quando o WAR for criado. Os arquivos deste diretório são compilados diretamente no diretório WEB-INF/classes, em WebContent.

Obs: demais diretórios são iguais ao anterior

5. Manipulação do Projeto
5.1. Importação de uma biblioteca
• Selecione um projeto no workspace
• Clique com o botão direito e selecione “Build Path > Add External Archives”

5.2. Geração de um arquivo .JAR
• Selecione o projeto ou pacote que deseja ser inserido no arquivo
• Selecione a opção de menu “File > Export”
• Selecione o item “Java > JAR file”
• Clique o botão “Next” e selecione os arquivos/pacotes que devem fazer parte do .jar
• Clique o botão “Next” 2 vezes e selecione a classe que possui o método main “Main class” através do botão “Browse”
• Clique “Finish” para gerar o arquivo

5.3. Configuração do Help Online de alguma biblioteca para algum Projeto
Útil quando se deseja que, ao passar o mouse sobre alguma classe, apareça a descrição desta classe presente na documentação da biblioteca respectiva.
• Selecione a biblioteca importada (por exemplo, “servlet-api.jar” dentro do item Referenced Libraries)
• Clique com o botão direito do mouse
• Selecione o item “Properties”
• Selecione o item “Javadoc Location”
• No diálogo, selecione Javadoc URL e, no campo path, indique o caminho onde a documentação se localiza. Observe que esta pode se localizar tanto na máquina local quanto numa máquina remota

5.4. Inserir um servidor

Dê um clique com o botão direito no projetoWeb: new > Other...> Server Server > Next

5.5. Atalhos do Eclipse

Ctrl + Shift” + L Aparecerá uma caixa com vários atralhos (lista)
Ctrl + /
Comentário, equivale a //
Ctrl” + barra de espaço Sugestão de métodos, classes, etc.
Também pode ser utilizado para a inserção de templates de código (por exemplo, um bloco try-catch ou um if-else)

Mover Linhas
• Selecione uma ou mais linhas
• Pressione a tecla “Alt” e as setas para cima ou para baixo

Retroceder no Histórico de Posições Editadas
• Pressione as teclas “Alt” + seta para esquerda

Renomeação de algum recurso (nome de classe, campo, etc)
• Selecione o recurso no editor de texto
• Clique com o botão direito e selecione a opção “Refactor > Rename”
• Coloque o novo nome que se deseja atribuir

Geração de métodos get/set de propriedades de uma classe
• No arquivo da classe que possui as propriedades, clique com o botão direito e selecione a opção “Source > Generate Getters and Setters”.

Listagem dos templates existentes

Window > Preferences e, na caixa de diálogo, Java/Editor/Templates

Inserção, remoção ou atualização de alguma JVM
• Selecione o item de menu “Window > Preferences”
• Na coluna da esquerda, selecione “Java > Installed JREs”
• Para adicionar uma nova, basta clicar no botão “Add” e, através do botão “Browse”, selecionar o diretório que possue uma JRE/JDK instalada

Instalação de plugins
Útil quando desejamos instalar alguma funcionalidade extra (plugin) do Eclipse. Por exemplo, instalação do WTP (WebTools Project) para desenvolvimento web e o CDT (C/C++ Development
Tooling)
• Selecionar o item de menu “Help > Software Updates ...”
• Clique na versão do seu Eclipse, de forma que se expandam as opções de atualização
• Clique para expandir, por exemplo, o item “Web and Java EE Development”
• Selecione o item “Web Developer Tools”
• Clique no botão “Install ...”. Observe que, caso os itens selecionados dependam de outros
itens, estes outros também deverão ser instalados
• Após a confirmação de que não há pendências, será aberta uma janela com a licença de uso
dos softwares para confirmação da aceitação
• Após confirmação, os pacotes serão instalados.
Para verificar se as instalações forem realmente feitas, reinicie o Eclipse e selecione na opção de
criar um novo projeto. Para o exemplo acima, deverá existir a opção Web para criação de um
projeto web.

6. Salvando e Carregando um projeto no Eclipse
Ao criar um projeto o Eclipse automaticamente salva este projeto no Workspace definido na primeira vez que o programa é aberto.

1) Para ver onde fica o Workspace acesse no menu principal do Eclipse: 
File>Switch Workspace>Other…

2) Ira abrir uma janela informando onde fica o WorkSpace da Aplicação, exemplo:
Workspace:  C:\...\workspace

Workspace é uma pasta de trabalho definida no eclipse para se salvar e carregar projetos.

3) Para salvar um Projeto no pendrive basta acessar este caminho do workspace usando o “Windows Explorer” e copiar a pasta com o mesmo nome do projeto que você criou, exemplo:
Se você criou um projeto com o nome "projeto1”, no workspace vai ter uma pasta com o nome “projeto1”, basta salvar ou copiar esta pasta toda no pendrive que seu projeto estará salvo.

6.1. Carregando um Projeto Salvo no Eclipse

1) Copie o projeto do pendrive ou de qualquer outra mídia que você tenha salvo, copie a pasta toda, para o workspace que esta configurado no eclipse (Veja acima a descrição do que é um workspace).

2) Após copiar a pasta, acesse no menu principal do eclipse:
File>Import…

3) Na janela que aparecer procure a opção: Existing Projects into  Workspace
General> Existing Projects into  Workspace

4) Após encontrar e marcar esta opção clique no botão Next>>
Na próxima janela que aparecer, na primeira opção “Select root Directory” clique no botão “Browser”, que esta na frente do campo.

5) Ira aparecer uma janela para você indicar a pasta que você colocou dentro do workspace, indique a pasta e clique no botão OK.

6) Agora o seu projeto irá aparecer na janela anterior, basta clicar no botão Finish para seu projeto ser carregado e aberto


Para compitar Servlet pelo Eclipse é necessário importar a biblioteca servlet-api.jar que está no Tomcat


C:\apachetomcat\lib\servlet-api.jar

7. Bibliotecas

servlet-api.jar
Para o Eclipse compilar uma servlet deve-se instalar a biblioteca servlet-api.jar no projeto Web, ela fica localizada na pasta lib do Tomcat.

mysql-connector-java-5.1.23-bin
Esta biblioteca é responsábel pela conexão com o banco de dados.
Pode fazer o download direto em http://dev.mysql.com/downloads/connector/j/ ou apenas copiá-la do Netbeans localizada na pasta ...\ide\modules\ext