O alfabeto

 

A seguinte lista apresenta-lhe as 26 letters (lé-rârs; letras) do alphabet (al-fâ-bét; alfabeto juntamente com a respectiva pronunciação de cada uma.

 

a(êi)

b (bi)

c (si)

d (di)

e (i)

f (éfe)

g (dji)

h (âitch)

i (ái)

j (jâi)

k (câi)

l (éle)

m (éme)

n(éne)

o (ôu)

p (pi)

q (quiú)

r (ár)

s (ésse)

t (ti)

u (iú)

v (vi)

w (dâ-bliú)

x (écs)

y (uái)

z (zi)

 

Embora o alfabeto inglês tenha apenas 26 letras, tem aproximadamente 44 sons diferentes! (E as suas pronunciações podem variar ligeiramente, dependendo do sotaque de cada região.) Algumas letras têm mais de um som e algumas vogais podem ter vários sons! Deste modo, ter que decifrar a forma correta de pronunciar novas palavras pode ser um autêntico desafio. (E memorizar o dicionário inglês inteiro não é propriamente prático!). A seguir será apresentado algumas sugestões e regras úteis para dominar os sons do inglês. (Não abrangem os 44 sons, mas assinalam os mais problemáticos). Para uma pronunciação em inglês clara e precisa, deve-se abrir a mouth (máuth; boca) e relaxar os lips (lips; lábios), o jaw (djó; queixo) e a tongue (tâng; língua).

 

Pronunciar Consoantes

 

As consonants (cón-se-nânts; consoantes) do inglês são bastante parecidas com os sons consonânticos da língua portuguesa, mas nem todas as letras se leem da mesma forma, além de que há sons no inglês que não existem em português. Além disso, o y (uái; ípsilon) é considerado uma consoante, embora também represente um ditongo em palavras que não possuem qualquer outra vogal, como fly (flái; voar) ou try (trái; tentar). Pronunciar claramente os sons consonânticos do inglês não é um processo mágico: é algo mecânico. Se puser os lábios e a língua na posição correta e mover a boca de uma forma determinada, o som que deseja sairá (quase sempre) dos seus lábios. Se o fizer realmente bem, pode parecer prestidigitação, mas nunca será magia.

Dois tipos de sons consonantais: sonoros e surdos

A maioria dos sons consonânticos do inglês é voiced (vói-se-d; sonoros), o que significa que são emitidos com a vibração das cordas vocais. No entanto, tal como em português, há outros sons que são voiceless (vói-se-lâs; surdos), o que significa que são emitidos sem a vibração das cordas vocais. Cada consoante surda possui um par sonoro (uma consoante que se realiza exatamente da mesma forma, com a única diferença de que é emitida com a vibração das cordas vocais). Para compreender melhor esta dicotomia, pode fazer o p (som surdo), juntando os lábios e depois expelindo o ar enquanto produz o som. O som deve ser produzido unicamente pelo fluxo de ar a sair pela boca. Para emitir o seu par sonoro, o b, junte os lábios exatamente na mesma posição como para o p e expulse o ar, mas desta vez com a vibração das cordas vocais. Deve notar a vibração na garganta.

 

A seguir encontrará uma lista com os pares mínimos de consoantes surdas e sonoras:

Surdas Sonoras

f (f) v (v) k (k) g (g) p (p) b (b) s (s) z (z) t (t) d (d) sh (ch) j (j) th (th) th (d)

Nas seções seguintes, apresentaremos mais detalhes sobre a pronunciação de sons surdos e sonoros. Também lhe apresentaremos algumas sugestões para distinguir alguns destes sons mais complicados.

 

O inglês tem dois sons para o th

Por exemplo:

O som do th sonoro nas palavras those (dâu-ze; esses), other (á-dâr; outro) e breathe (bri-de; respirar) é profundo e requer a vibração das cordas vocais. Parece muito a um “d”, tanto que vamos transcrevê-lo assim a partir de agora.

O som do th surdo em thanks (théncs; obrigado), something (sâm-thing; alguma coisa) e bath (béth, banho) é suave e é pronunciado sem a vibração das cordas vocais. Com um pouco de prática e concentração, poderá pronunciar claramente os dois sons do th. Quando tenta dizer a palavra that (thé-t, isso), diz dat (dét) ou tat (tét)?  A língua fica dentro da boca, por trás dos seus dentes superiores. Deve avançar um pouco com ela para produzir o som th. De fato, a ponta da língua deve ser colocada entre os dentes, depois, retirada para trás durante a produção do som.

 

Palavras que começam com o som th sonoro:

there (dér): ali

these (di-ze): estes

they (dei): eles

this (dis): este

those (dou-ze): aqueles

 

Palavras com o som th surdo:

 

thank you (thénk iú): obrigado

thing (thing): coisa

think (thinc): pensar

thirty-three (thâr-ti thri): trinta e três

Thursday (thârs-dâi): quinta-feira

 

Diálogo

 

O senhor e a senhora Abbott estão preparando as malas para pequenas férias e tentam decidir quantas malas necessitam para a viagem.

Mrs. Abbott: I think we need three bags, but we have only these two.
                   ái thin-que uí nid thri bé-gs, bât uí hév ôn-li di-ze tchu.
                   Acho que precisamos de três malas, mas só temos estas duas.
Mr. Abbott: I thought about that. So I bought another bag on Thursday.
                  ái thót a-báut dét. Sâu ai bót â-ná-dâr bég ón thârs-dei.
                 Já tinha pensado nisso. Por isso comprei outra mala na quinta-feira.
Mrs. Abbott: Thanks. There are so many things I want to bring.

              théncs. thér ar sâu mé-ni things ai uónt tu bring.
                    Obrigada. Há tantas coisas que quero levar.
Mr. Abbott: Do you need all those shoes — 33 pairs?
                  du iú nid ól dôuz chuz? thâr-ti thri pérs?
                  Precisa de todos estes sapatos? 33 pares?
Mrs. Abbott: Of course! They’re absolutely essential!
                    óf córs! dér é-bsâ-lu-tli i-sen-châl!
                    Claro! São completamente imprescindíveis!

 

O "r" em inglês tem o som parecido com a aceleração do motor de um carro, a língua retrai e dobra para trás e se alarga:

 

Exemplos:


around (â-ráund): cerca
car (cár): carro
read (rid): ler
write (ráit): escrever

 

Consoantes que se confundem

 

Há um dígrafo e uma consoante que, em inglês, por vezes se dizem de uma forma bastante diferente do português: o ch e o j (bem como o g, seguido por i ou e). Em inglês, estes sons são africados, o que significa que obstruímos mais a passagem do ar na sua articulação.

 

O “ch” lê-se tch

chocolate (tchó-clâ-te): chocolate

cheap (tchip): barato

 

E o “j” e o “ge” leem-se dj

June (djiún): Junho

general (djé-ne-râl): geral

 

No entanto, a letra “g” seguida por “i” lê-se g

give (guiv): dar

girl (gârl): moça

gift (guift): presente

 

A grafia “sh”, que não existe em português, lê-se sempre ch

ship (chip): barco

fish (fich): peixe

shave (châiv): fazer a barba

 

A letra “q”: em inglês, é sempre lida como ku

quality (cuó-li-ti): qualidade

question (cué-chân): pergunta

quick (cuíc): rápido

 

O som do silêncio

 

Em português, a letra h numa posição inicial da palavra é muda, isto é, não representa qualquer som. Mas, em inglês, o h em posição inicial de palavra ou entre duas vogais representa um som aspirado, que a língua portuguesa desconhece. Este som é realizado aproximando a base da língua à parte posterior do céu-da-boca e deixando passar o ar pelo meio. Parece bastante com a respiração de Darth Vader, na Guerra das Estrelas, mas é mais sutil. Nas transcrições que encontrará neste livro, o “h” aspirado é indicado com o caractere h (não é muito original, mas nos pareceu mais eficaz).

 

Diálogo

 

Jordie e Austin, dois amigos universitários, dirigem-se para uma loja de discos usados.

 

Jordie: I just bought a new sound system with a turntable.

           ái djâst bót â niú sáund sis-tâm uíth â târn-tâi-bâl

           Acabo de comprar uma aparelhagem nova com toca discos.

Austin: Cool. Are you looking for some old records?

            cul ár iú lu-quing fór sâm ôuld ré-cârds

            Legal. Anda à procura de discos antigos?

Jordie: Definitely. I already have a small collection of rock-and-roll records, but I want more.

           dé-fna-tli ái ól-ré-di hév â smól côu-léc-chân óf róc-én-rôul récârds bât ái uónt mór

           Não duvide. Já tenho uma pequena coleção de discos de rock and roll, mas quero mais.

Austin: Personally, I prefer the early rhythm and blues. Do you like R and B?

            pâr-sân-li ái pri-fâr di âr-li ri-dâm énd bluz. Du iú láic ár énd bi

            Pessoalmente, eu prefiro o rhythm and blues dos primeiros tempos. Gostas de R&B?

Jordie: Sure, I like a lot of different music: R and B, rock-and-roll, reggae, rap, heavy metal, and even classical.

           chôr ái láic â lót óf di-frênt miú-zic ár énd bi róc-én-rôul ré-gué rép hé-vi mé-tâl énd i-vân clé-si-câl

           Claro, eu gosto de muitos tipos de música: R&B, rock and roll, reggae, rap, heavy metal e até música clássica.

 

O inglês tem cinco vogais – a, e, i, o, u – e duas semivogais – o w e o y – , mas cerca de 15 sons vocálicos! Infelizmente, o inglês possui poucas regras de pronunciação para definir como pronunciar as vogais e as suas combinações em palavras. A boa notícia é que, com um pouco de prática, pode aprender facilmente a articular todos os diferentes sons. O guia de pronunciação das primeiras páginas de um dicionário pode ajudá-lo a realizar os sons vocálicos. A maior parte dos sons vocálicos possui uma série de grafias comuns que lhe permitem fazer uma suposição muito bem fundamentada sobre a sua pronunciação. As seções seguintes lhe darão uma idéia acerca de todas as vogais, os seus vários sons e as formas mais comuns de soletrá-los.

 

As vogais curtas e longas

 

Pode-se dizer que os sons vocálicos do inglês estão divididos em três categorias:

short vowels (chórt váu-âls): vogais curtas

long vowels (lóng váu-âls): vogais longas

diphthongs (dif-thóngs): ditongos

 

A lista seguinte pode ajudá-lo a perceber as diferenças gerais entre vogais curtas, vogais longas e ditongos:

 

Vogais curtas: são mais curtas e, geralmente, mais suaves do que as outras vogais. Uma das formas típicas de escrever as vogais curtas é
“consoante + vogal + consoante”. Aqui tem alguns exemplos:

can (kén): lata

fun (fân): divertimento

spell (spél): soletrar

with (uíth): com

 

Vogais longas: são pronunciadas durante mais tempo e são geralmente um pouco mais fortes e com um tom mais alto do que as vogais restantes. Uma das formas típicas de escrever as vogais longas é “vogal + consoante + e final”, tal como se mostra nas seguintes palavras:

arrive (â-ráiv): chegar

late (lâit): tarde

scene (si-ne): cena

vote (vâu-t): votar

 

Ditongos: os ditongos do inglês são basicamente como os da língua portuguesa, ou seja, duas vogais (uma vogal e uma semivogal, se quisermos ser mais exatos) que se pronunciam juntas na mesma sílaba. Os ditongos do inglês começam sempre pela vogal mais forte e diminuem de intensidade na segunda (a semivogal). Aqui não há nenhuma dificuldade. Experimente com os seguintes exemplos:

boy (bói): rapaz

now (náu): agora

say (sâi): dizer

time (tái-m): tempo

 

Nas seções seguintes, aprenderá a pronunciar as vogais curtas e longas para as letras a, e, i, o e u, assim  como a dizer os ditongos.

 

A vogal “a”

Em muitas línguas, a letra a é pronunciada á, como em father (fá-dâr; pai). Mas em inglês, o a raramente se pronuncia á.

O som “a” longo, como nas palavras:

ate (âit): comeu

came (kâi-me): veio

day (dâi): dia)

É, na realidade, um ditongo. Para o pronunciar, comece com o som â e termine com a semivogal i, unindo-os
suavemente.

O som “a” curto, como em:

at (ét): em

hand (hénd): mão

glass (glés): vidro

É realizado como o “é” do português, na verdade o símbolo é /ӕ/ no alfabeto fonético internacional, esta regra é uma simplificação

 

O som do “a”, pronunciado como ó, pode por vezes parecer semelhante ao som curto do “a”, especialmente em determinadas regiões. As formas mais comuns de soletrar este ó são:

-aw, -alk, -ought , -aught

although /ɔlˈðoʊ/: conj. 1. embora; 2. se bem que, apesar de

always /ˈɔlweɪz/: adv. 1. sempre, também

await /əˈweɪt/: v. aguardar, esperar

awe /ɔ/: s. admiração, deslumbramento

awesome /ˈɔsəm/:adj. 1. impressionante, enorme, 2. bárbaro

awful, awkward, awoke, awoken

 

A vogal “e”

 

O som “e” longo tem, frequentemente, as seguintes grafias:

be (bi): ser

eat(it): comer

see (si): ver

seat (sit): sentar

Pronuncie o som do “e” longo como o “i”, mas prolongue-o bem, não o corte. Outras grafias comuns do som do “e” longo são “ie” e “ei”:

believe (bi-liv): acreditar

receive (ri-siv): receber

 

O som “e” curto:

 

ten (tén): dez

sell (sél): vender

address (é-dréss): morada

É o mesmo som da letra "é" em português. O e curto é normalmente escrito com as letras “ea”:

head (héd): cabeça

bread (bréd): pão

ready (ré-di): pronto

 

Prática

 

e longo: We see three green trees.

             uí si thri grin tris

             Vemos três árvores verdes

e curto: Jenny went to sell ten red hens

             jé-ni uênt tu sél tén réd héns

             A Jenny foi vender dez galinhas vermelhas

Ambos os sons: Please send these letters.

                          pli-ze sênd dize lé-rârs

                          Por favor, envie estas cartas

 

A vogal “i”

 

O i longo é um ditongo. Para o articular, comece por dizer á e termine com i, unindo suavemente os dois sons, como em

time (tái-me): tempo

like (laik): gostar

arrive (â-rái-ve): chegar

Pode encontrar outras formas de soletrar este som:

height (háit): altura

fly (flái): voar

buy (bái): comprar

lie (lái): mentir

eye (ái): olho

 

O som “i” curto, como em

it (it): aquilo

his (hiz): seu

this (dis): este

bill (bil): nota

sister (sis-târ): irmã

 

O i curto é representado por /I/ no alfabeto fonético internacional, o som é parecido com o "ê" e mais parecido ainda com o "î", isto mesmo "i" com acento circunflexo, ou seja, é um "i" parecido com um "ê". O i também tem o som igual ao i do português.

 

Não diga: I need to live now

                ai ni:d to lîv náu

                Preciso viver agora

 

Quando quer dizer: I need to leave now

                               ai nid to liv náu

                               Preciso ir embora agora

 

 Não diga: I gave your brother the kiss

                 ái guâiv iór brá-der dâ kîs

                 Dei o beijo ao teu irmão

Quando quer dizer: I gave your brother the keys

                               ái guâiv iór brá-der dâ kiz

                               Dei as chaves ao teu irmão

 

A vogal “o”

 

A letra o representa mais ou menos o mesmo som em qualquer lugar do mundo, mas o "o" inglês pode ser ligeiramente diferente do português. O som longo do o, em palavras como:

rode (rôud): cavalgou

joke (djôuc): piada

phone (fôun): telefone

home (hôu-me): casa

Parece-se mais a um ditongo português do que a uma vogal simples. Além da grafia “o + consoante + -e final”, o som longo do o possui uma série de outras formas escritas, como:

no (nôu): não

toe (tôu): dedo do pé

sow (sôu): coser

know (nôu): saber

though (thôu): apesar de

boat (bôut): barco

 

O som curto do o pronuncia-se ó e aparece geralmente entre duas consoantes, como nas palavras

not (nót): não

stop (stóp) parar

a lot (â lót): muito

dollar (dó-lâr): dólar

Em inglês da América, o som parece mais a um á, mas, para que se entenda por todos os lados, vamos tentar falar de uma forma um pouco mais neutra. Dois o juntos (“oo”) dão mais dois sons vocálicos.

moon (mun): lua

choose (tchu-ze): escolher

food (fud): comida

good (gud): bom

cook (cuk): cozinhar

foot (fut): pé

could (cud): podia

would (uúd): iria

Possuem um som diferente. Para realizar este som, arredonde os lábios e mantenha a língua baixa.

Experimente dizer esta frase:

I would cook something if I could

ái uúd cuk sâm-thing if ái cud

Cozinharia qualquer coisa se pudesse

Don’t put your foot in your mouth!

dônt put iór fut in iór máuth

Não ponha o pé na boca (é uma expressão comum para as pessoas terem
cuidado com o que dizem)

 

A vogal “u”

 

Em inglês, o som longo do u é prolongado. As seguintes palavras têm o som longo do u:

June (jiún): Junho

blue (blu): azul

use (iú-ze): usar

Outras grafias para este som são as que aparecem em

to (tu) para

you (iú)

new (niu): novo

suit (sut): fato

through (thru): através de

shoe (chu): sapato

 

O som curto do u é o som vocálico mais comum da língua inglesa. Este som é tão comum que até tem um nome próprio: o schwa (chuá; não tem tradução). O schwa corresponde basicamente ao som do a não tônico do português (o que aparece na palavra portuguesa “para”). As seguintes palavras possuem o som curto do “u”:

up (âp): cima

bus (bâs): ônibus

much study (mâtch stâ-di): muito estudo

under (ân-dâr): debaixo

suddenly (sâ-den-li): de repente


 

Colocar o acento nas sílabas corretas

 

O sufixo (terminação) de muitas palavras determina onde se encontra a sílaba tônica. A finalização também pode dizer se a palavra é um substantivo, um verbo ou um adjetivo – e isso é um bônus! Eis algumas diretrizes rápidas a seguir:

 

Os substantivos que terminem em -ment, -ion/-cion/-tion, -ian/- cian/-sian e -ity possuem a sílaba tônica antes do sufixo, como nas seguintes palavras:

enjoyment (ên-jói-mânt): prazer

opinion (â-pi-niân): opinião

reservation (ré-zâr-vâi-chân): reserva

possibility (pó-sâ-bi-lâ-ti): possibilidade

 

Os adjetivos que terminem em -tial/-ial/-cial, -ual, -ic/ical, -ious/-eous/-cious/-uous possuem a sílaba tônica antes do sufixo:

essential (i-sen-châl): essencial

usual (iú-jual): comum

athletic (â-thlé-tic): atlético

curious (quiú-riâs): curioso

 

Os verbos que terminem em -ize, -ate e -ary possuem a tônica na segunda sílaba antes do sufixo, como nas seguintes palavras:

realize (ri-â-láiz): compreender

graduate (gré-diú-âit): acabar os estudos

vocabulary (vôu-qué-biú-lé-ri): vocabulário

 

Algumas indicações gerais sobre acentuação

Os exemplos incluídos nesta seção apresentam alguns padrões gerais de acentuação que podem ajudá-lo a desenvolver um palpite fundamentado sobre como se pronuncia uma palavra. Estes exemplos não são regras exatas e infalíveis. Não se pode confiar neles 100% (nem sequer 98%), mas podem servir de referência quando se sentir hesitante sobre a forma correta de pronunciar uma palavra.

Uma grande parte dos substantivos dissílabos são acentuados na primeira sílaba. Se não tiver a certeza de como acentuar um substantivo dissílabo, experimente acentuá-lo na primeira sílaba – tem uma boa oportunidade de acertar:

English (in-glich): inglês

music (miú-zic): música

paper (pâi-pâr): papel

table (tâi-bâl): mesa

 

Acentue a palavra original, em vez dos sufixos ou prefixos, na maior parte dos verbos, adjetivos e advérbios. Por exemplo:

dislike (dis-láic): não gostar

lovely (lâv-li): adorável

redo (ri-du): refazer

unkind (ân-cáind): grosseiro

 

Acentue a primeira palavra na maior parte dos substantivos compostos, formados por dois ou mais substantivos e que possuem significados diferentes daqueles das palavras individuais.

Por exemplo:

ice cream (áis crim): gelado

notebook (nôut-buc): bloco de notas

sunglasses (sân-glé-ses): óculos de sol