CURSO 2D

 

DESENHO

ARC......................... Cria arcos

ATTDEF.................. Cria atributos para desenho ou para blocos (especificações, legenda). Um atributo é uma variável cujo valor poderá ser informado pelo usuário no momento da inserção ou na edição.

BOUNDARY........... Cria uma polilinha ou uma região sobre um limite

CIRCLE................... Cria circunferências a partir de centroXraio, centroXdiâmetro, dois pontos, três pontos, duas linhas concorrentes)

DIVIDE.................... Distribui blocos ou pontos ao longo de segmentos de reta ou de circunferência, com espaçamentos iguais, divide objetos em partes iguais

DONUT.................... Cria coroas circulares preenchidas, informando-se o diâmetros internos e externos e o ponto de inserção. O preenchimento dos objetos pode ser controlado pela variável FILLMODE ou via teclado com o comando FILL ou via comando DRAWING AIDS

DTEXT.................... Cria textos pela linha de comando

ELLIPSE.................. Cria elipses ou curvas elípticas

HATCH.................... Permite aplicar hachuras em regiões fechadas

LINE........................ Cria linhas

MEASURE.............. Distribui pontos (POINT) ou blocos ao longo de entidades (LINE, PLINE, ARC, etc) em intervalos com distância pré-determinada. Pontos podem ser definidos através do comando DDPTYE e blocos podem ser criados com o comando BLOCK

MLINE..................... Cria Linhas personalizadas de acordo com as características da aplicação, o AutoCAD possui pronto apenas uma MLINE personalizada, composta por duas linhas paralelas

MTEXT.................... Cria textos através de um editor

PLINE...................... Cria polilinhas, conjunto de arcos e retas unidos por seus extremos e que comportam como uma única entidade

POLYGON.............. Cria polígonos regulares

POINT...................... É utilizado para marcar posições, dentro do desenho, que servirão de auxílio a construção e montagem. A opção NODE (desligado através do comando POINT STYLE) do comando OSNAP, seleciona com precisão a posição marcada.

RAY......................... Cria linhas auxiliares partindo de um ponto para o infinito, uma vez editadas são transformadas em LINE

RECTANG............... Cria retângulos que podem ser explodidos e editados

SKETCH.................. Cria esboços à mão livre (pequenos e variáveis segmentos de retas)

SOLID...................... Cria polígonos preenchidos regulares e irregulares

SPLINE.................... Cria linhas complexas

XLINE...................... Cria linhas auxiliares infinitas a partir de seu ponto médio

 

COMANDOS DE EDIÇÃO

ALIGN..................... Alinha objetos através de quatro pontos, os dois primeiro selecionados um em cada objeto definem a nova posição. Os outros dois, uma em cada objeto definem a rotação

ARRAY RET........... Copia objetos em linhas e colunas

ARRAY POLAR..... Copia objetos circularmente, n vezes em torno de um ponto central conforme o ângulo passado

BREAK.................... Quebra objetos em duas entidades ou apagando parte de mesma

CHAMFER.............. Cria chanfros, através de duas distâncias ou uma distância e um ângulo

COPY....................... Duplica objetos

DDATTE.................. Edita atributos de blocos para correções ou alterações

DDEDIT................... Edita textos selecionados (criados com MTEXT, TEXT ou DTEXT)

ERASE..................... Remove objetos selecionados, as entidades removidas podem ser recuperadas pelo comando UNDO ou Oops (recupera apenas a última seleção removida)

EXTEND.................. Alonga objetos

FILLET.................... Cria arredondamento de cantos conforme o raio

HATCHEDIT........... Permite alterar as características de um hachura, desde que a mesma não tenha sido explodida

LENGTHEN............ Altera o comprimento de objetos como linhas e arcos

MATCHPROP......... transfere propriedade de um objeto para outros (cor, tipo de linha, layer, etc)

MIRROR.................. Espelha objetos através de uma linha de simetria, usado para desenhos simétricos

MLEDIT.................. Edita multilinhas combinando os pontos de intersecção

MOVE...................... Desloca objetos

OFFSET................... Cria cópias paralelas em segmentos de reta, curvas, linhas, arcos, rays, xlines e splines

OOPS....................... Recupera o último (somente o último) conjunto de objetos removidos (apagados) pelo comando ERASE

PEDIT...................... Transforma linhas em polilinhas possibilitando sua edição (arredondamento, espessura, etc)

PROPERTIES.......... Altera propriedades de objetos selecionados

ROTATE.................. Rotaciona objetos selecionados em torno de um ponto base

SCALE..................... Amplia/reduz objetos selecionados nas mesmas proporções nos eixos x, y e z

SPLINEDIT............. Edita curvas spline

STRETCH................ Deforma (estica) objetos

TRIM........................ Corta objetos removendo pedaços entre duas entidades previamente selecionadas

VIZUALIZAÇÃO

PAN.......................... Arrasta a tela sobre o desenho

VPORTS.................. Divide a tela em janelas

ZOOM – X............... Aproxima/afasta o desenho

FERRAMENTAS AUXILIARES

CAL.......................... Executa cálculo aritmético e geométrico

DRAWING AIDS.... Ferramentas de auxílio ao desenho, Menu Tools > Drawing Aids...

FILTER.................... Aplica critério de seleção de objetos (cota , tipo de linha, texto com tal altura, etc)

GRIPS...................... Edição através de pontos de controle, Grips são aquelas marcas azuis que aparecem quando você seleciona um objeto sem ter ativado nenhum comando. Clicando sobre algum objetos aparecem alguns pontos azuis (frio), clicando sobre um ponto azul o mesmo fica vermelho (quente). Os pontos vermelhos podem ser editados através do mouse

OSNAP.................... Captura de pontos geométricos precisos (ENDpoint, MIDpoint, Aparent: intersecção imaginaria entre duas retas, Intersection, etc), NONE desativa o Osnap

PURGE.................... Elimina estruturas criadas (layers, blocos, tipos de linhas, etc) não utilizadas

REDRAW................ Remove marcas (blips) e resíduos perdidos, deixados por alguns comandos de edição, a nível de memoria de vídeo, opção via tecla R

REGEN.................... Recalcula o desenho corrigindo distorções visuais

*SELEÇÕES............ Vários recurso para agilizar a seleção de objetos

UCS.......................... Cria novos sistemas de coordenadas

UNDO/REDO.......... O comando UNDO retrocede uma seqüência de operações executadas pelo usuário. Desfaz os comandos executados pelo usuário na ordem inversa a de sua criação. O comando REDO refaz um (somente um) dos comandos desfeitos pelo comando Undo . Não confunda o comando UNDO com ERASE

DIMENSIONAMENTO

COTAGEM.............. Cota a distância real entre dois pontos, posicionando a cota paralelamente à linha definida pelos mesmos.

DIMANGULAR...... Cota medidas angulares

DIMBASELINE...... Cria cota a partir de uma única linha de referência, em seqüência ou não

DIMCENTER.......... Cria linhas de centro em circunferências e arcos

DIMCONTINUE..... Cria cotas em seqüência ou não a partir da Segunda linha de chamada da última cota criada

DIMDIAMETER..... Dimensiona diâmetros

DIMALIGNED........ Dimensiona distância linear inclinada ou seja posiciona a cota paralelamente à linha definida pelos mesmos

DIMLINEAR........... Cota a distância horizontal ou vertical entre dois pontos, dependendo de onde o usuário localizar a linha de cota

DIMORDINATE..... Cria cotas baseadas numa única referência, antes de iniciar a cotagem de um desenho com essa ferramenta, você deve criar um novo UCS com a origem num ponto da peça, a sua escolha

DIMRADIUS........... Cota raios de arcos ou circunferências

DIMTEDIT.............. Altera o posicionamento e rotação do texto da cota

DIMSTYLE............. Formata as cotas (altura do texto da cota, tamanho da seta, distância das linhas de chamadas ao desenho, cores das cotas, etc. Uma vez definido um ou vários padrões, os mesmos deverão ser salvos em arquivos TEMPLATES [*.DWT], para que possam ser utilizados como base na criação de novos desenhos

LEADER.................. Cria setas de indicação para detalhes do desenho

FORMATAÇÃO

COLOR.................... Define a cor de trabalho (linhas, arcos,etc...)

DDPTYPE................ Define o tipo de ponto utilizado no autocad (pontos criados por POINT, DIVIDE e MEASURE)

DIMSTYLE............. Cria estilo de dimensionamento, vide dimensionamento acima

GROUP.................... Cria agrupamentos de objetos, digitamos a letra "G" seguida de enter e digitamos o nome do grupo que desejamos selecionar, os objetos agrupados podem ser editados individualmente

LAYER.................... São camadas sobrepostas que facilitam a criação de desenhos complicados, assim as cotas, detalhes, etc podem pertencer a camadas diferentes não afetando o desenho como um todo

LINETYPE.............. Fixa um tipo de linha de trabalho, os comandos ByLayer, ByBlock também o faz individualmente

MLSTYLE............... Cria novos estilos de multilinhas

*PREFERENCES... Configura o ambiente do autocad, através da opção Profile, cada usuário pode criar o seu ambiente personalizado, algumas opções se forem escolhidas errado pode travar o autocad

RENAME................. Renomeia estruturas (layers, blocos, etc) via comando, DDRENAME via caixa de dialogo.Ex. mudar o nome NÍVEL dos layers para camada:

Old Name = NÍVEL*

Rename To= CAMADA*

STYLE..................... Cria novos estilos de textos via caixa de dialogo, fontes do autocad (SHX) ocupam menos espaço de memória que fontes do windows (TTF)

***UNITS.................Define unidades de medidas para comprimento e ângulos e direção do ângulo zero. A definição feitas através do comando UNITS tem efeito apenas na apresentação das informações em tela

VERIFICAÇÃO

AREA....................... Calcula áreas e perímetros de figuras desenhadas na tela por seleção de objetos ou por seleção de pontos

DIST......................... Calcula a distância, o ângulo e as variações em X e em Y entre dois pontos

LIST......................... Mostra propriedades de objetos selecionados

INSERÇÃO

BASE....................... Define o ponto de inserção de blocos

BLOCK.................... Cria blocos. Um bloco é um objeto originado do agrupamento de um conjunto de "n" entidades, que é armazenado na base de dados do arquivo como uma entidade independente. Os blocos inseridos no desenho são referências (fantasmas) ao bloco original criado com o comando BLOCK. Sendo assim, a cada bloco inserido cria-se uma nova referência. Essas referências ocupam muito menos espaço em disco em comparação ao mesmo desenho criado com entidades (linhas, arcos, etc) independentes. Aconselha-se o uso de blocos em aplicações em que haja grande número e objetos repetidos, como por exemplo: parafusos, cadeiras, componentes elétricos, etc...

IMAGE.................... Insere/vincula imagens raster (bitmap nos formatos BMP, GIF, TIF, JPG, TAG, entre outos). Para gerar imagem no autocad usa-se o comando RENDER, direcionado para um arquivo, ou o comando SAVEIMG

INSERT.................... Insere blocos e arquivos *.dwg (desenho do autocad) via comando ou DDINSERT via caixa de dialogo

MINSERT................ Insere blocos agrupados, dispostos numa matriz retangular, poder ser editados os números de linhas e colunas e as distâncias entre ambas, os elementos inserido podem ser editados via PROPERTIES

XBIND..................... Extrai objetos de arquivos vinculados via XREF, XBIND permite que se transforme objetos (layers, blocos, etc...) pertencentes a arquivos de referência (vinculados via comando XREF) em objetos nativos do arquivo corrente.

Por exemplo:

Você precisa cotar um desenho A para seu cliente. Esse desenho precisa seguir os mesmos padrões de um desenho B, por ele enviado.

Para isso, você deverá seguir os seguintes passos:

1. Abrir o arquivo A

2. Importar, via comando XREF-Atach, o arquivo B

3. Extrair, via comando XBIND, o estilo de dimensionamento (DIMSTYLE) utilizado no arquivo B

4. Tornar corrente o estilo de dimensionamento extraído do arquivo B

5. Desvincular o arquivo B, via comando XREF-Detach, já que o mesmo não é mais necessário

6. Cotar o desenho normalmente sem a necessidade de definir os parâmetros de cotagem

XREF....................... Cria vínculos entre arquivos, o desenho vinculado aparece normalmente no desenho ao qual foi vinculado, porém, não é salvo na estrutura deste. As únicas informações gravadas são o nome do arquivo, sua localização, os fatores de escala e o ângulo de rotação. O arquivo vinculado será lido toda vez que o arquivo que o referencia o chamar

 

APRESENTAÇÃO/IMPRESSÃO

MSPACE.................. Acesso ao desenho através de janelas, é o ambiente do autocad onde definimos a escala para o desenho. Nesse ambiente, o autocad permite o acesso ao desenho contido nas janelas criadas via comando MVIEW. Logicamente, é perfeitamente possível a edição/criação do desenho no Mspace. Todavia, essa prática não é usual. O Mspace é geralmente utilizado apenas para a definição de escala do desenho e para definição do layout de apresentação via comando PAN, ZOOM, VPOINT, etc...

MVIEW.................... Cria janelas no modo Paper Space, janelas que irão compor o layout de apresentação/impressão do desenho. O comando VPORTS apenas divide a tela em vários espaços que não podem ser selecionados não podendo nem move a janela. MVIEW cria janelas que podem ser manipuladas como qualquer outra entidade, podendo inclusive criar uma janela dentro da outra. Ativando o Pspace, continuamos visualizando as janelas bem como o desenho, porém não temos acesso ao mesmo

PLOT........................ Imprime o desenho em papel ou envia o desenho a um arquivo que pode ser plotado através de outro computador que não tenho o autocad. Arquivos de impressão também podem ser utilizados para migrar desenhos criados no autocad para o Corel Draw

PSPACE................... Definição do layout de apresentação, ambiente a partir do qual o desenho é impresso. O PAPER SPACE é o ambiente onde:

1. Inserimos os formatos de papel (A4, A3, etc)

2. Criamos janelas de visualização através do comando MVIEW

3. Disparamos o processo de impressão do desenho

TILEMODE............. Passa do ambiente de desenho para o de apresentação, destinado à elaboração do layout de impressão do desenho. Nele pode-se inserir um formato em escala 1:1 e variar a escala do desenho a qualquer momento independentemente do formato inserido. O usuário não é obrigado a utilizar essa ferramenta. Todavia, seu uso é interessante, chegando em muitos casos, a ser imprescindível

ZOOM XP................ Permite define a escala do desenho (no P_SPACE) após a sua criação. Usando o comando ZOOM opção XP varia a escala do desenho dentro da janela sem alterar a escala do formato

ARQUIVOS

EXIT........................ Finaliza a execução do autocad

IMPORT/

EXPORT ................. Importa/Exporta arquivos para outros programas

INTERNET.............. Recurso para internet. O aplicativo ARX é composto de nove comandos destinados à geração e manipulação de arquivos Web, há também os comandos DXFOUT e BROWSER

NEW........................ Cria novos desenhos

OPEN....................... Abre arquivo para edição

SAVE....................... Salva o arquivo em disco

WBLOCK................ Grava parte do desenho ou blocos como ARQ. .DWG. É utilizado nos casos em que se deseja exportar (salvar) apenas parte do arquivo corrente, gerando um novo arquivo. Essa parte pode ou não ser um bloco, pode ser usado também com o mesmo propósito do comando PURGE, só será exportado blocos, layers, etc, que estiverem em uso

 

COMANDOS DE DESENHO 3D

COORDENADAS

 

TIPOS 1. Coordenadas cilíndricas: eixo-x, eixo-y e eixo-z. são definidas por uma distância da origem das coordenadas a projeção do ponto no plano XY, um ângulo no plano XY medido a partir do eixo-x até a projeção do ponto e uma altura Z da projeção do ponto ao ponto (dist < ângulo, altura)

2. Coordenadas esféricas: são definidas por uma distância da origem das coordenadas ao ponto, um ângulo no plano XY medido a partir do eixo-x e um ângulo do rebatimento da distância no plano XY até a reta formada pela origem das coordenadas e o ponto (dist < ângulo < ângulo)

Obs: o comando Pline não gera linhas tridimensionais. O Simbolo "@", arroba, faz com que a coordenada informada seja calculada em relação à última coordenada informada ao autocad

ELEVATION........... Esse comando fixa o cursor numa determinada posição no eixo Z. O usuário traça um desenho via cursor, no plano atual de trabalho e esse desenho é criado no plano definido pela variável thickness

UCSION................... Controla a visualização do ícone de coordenadas (Y W X)

UCS.......................... Cria sistema de coordenadas definido pelo usuário para facilitar a edição de desenhos, o padrão no autocad é o sistema de coordenadas global (WCS). "W" significa World (global)

XYZ......................... Filtros de coordenadas, possibilitam a indicação/captura de pontos geométricos em função de pontos do desenho. É utilizado quando não há objetos próximo ao ponto geométrico que é localizado em função de três pontos do desenho

VISUALIZAÇÃO

DDVPOINT............. Posição do observador via caixa de diálogo. Menu View > 3D Viewpoint

DVIEW.................... Posição do observador de forma dinâmica, sob diversos pontos de vista. É baseado na idéia da existência de uma câmara (observador) e um alvo (ponto de direcionamento da câmara)

PLAN....................... Desenho em vista plana. Coloca o usuário numa posição que lhe permite visualizar o desenho em vista plana

PLOT........................ Impressão de desenho tridimensionais. A opção HIDE-LINES é usada quando há necessidade de esconder as linhas que se encontram por detrás das faces de modelos tridimensionais, válido somente para a impressão do arquivo e não funciona em Paper Space

VPOINT................... Posição do observador, muda a posição do observador em relação ao sistema de coordenadas padrão do Autocad (WCS) e, consequentemente, em relação ao desenho.

Menu View > 3D Viewpoint

EDIÇÃO

3DARRAY............... Copia um elemento através de array retangular, "n" vezes distribuindo-o em linhas (rows), colunas (columns) e níveis (levels) ou em torno de um eixo (array polar). Menu Modify > 3D Operation

** 3DPOLY............. Cria polilinhas tridimensionais, não permite a criação de segmentos curvos ou com espessura, através do comando PEDIT ou PROPERTIES a entidade 3DPOLY pode ser transformada em SPLINE. Menu Draw > 3D Polyline

ALIGN..................... Move e rotaciona simultaneamente o objeto selecionado de tal forma a posicioná-lo alinhado a um segundo objeto ou a pontos pré-determinados. Menu Modify > 3d operation

CHAMFER.............. Cria chanfros em sólidos

EXTEND.................. Prolonga entidades que podem estar em planos diferente

FILLET.................... Produz arredondamento em sólidos

MIRROR3D............. Cria objetos simétricos com base em linha de simetria ou plano de simetria

ROTATE3D............. Rotaciona objetos em torno de um eixo

** TRIM.................. Corta entidades, a entidades cortante não precisa estar no mesmo plano da entidade a ser cortada, o corte é feito pela projeção da primeira sobre a segunda. O tipo de projeção é manipulado pela opção Project

SUPERFÍCIES

3DFACE.................. Cria superfícies planas de formas retas, revestindo objetos tridimensionais criados com line, arc, pline, circle, etc

3DOBJECTS............ Cria objetos padrões em 3D, Revsurf, Tabsurf e Rulesurf. Menu Draw > Surfaces > 3d Surfaces

EDGESURF............. Cria superfícies a partir de 4 entidades adjcentes

REGION.................. Transforma contornos em superfícies inclusive formas arredondadas o que não consegue com 3DFACE

REVSURF................ Gera superfícies de revolução a partir de perfis bidimensionais

RULESURF............. Cria superfície a partir de dois perfis abertos ou dois perfis fechados

TABSURF................ Cria superfície extrudadas a apartir de uma curva (perfil) e uma reta que define o sentido e ângulo da etrusão

THICKNESS............ Dimensão em Z para figuras planas. Altera a espessura de entidades no do eixo Z. Gera superfícies planas semelhantes a 3DFACE. Ocupa pouco espaço em disco. Menu Modify > Propertirs...

FOTORREALISMO

HIDE........................ Mostra a silhueta de objetos 3D, esconde as linhas localizadas por detrás do objeto

** LANDSCAPE..... Recursos para paisagismo e humanização. Serve para criar cenário a partir de foto do objeto (imagem) e posterior mapa de opacidade (tudo que é preto no mapa é transparente na foto), gera uma espécie de esboço da foto. Menu View > LandscapeNew

LIGHTS................... Cria pontos de luz. Menu View > Render > Light

MAPPING................ Ajusta mapas de texturas, ou seja usa bitmap (imagem) como textura. Menu View > Rende > Mapping...

MSLIDE/VSLIDE... Cria e visualiza slides

MVIEW.................... Cria janelas de vizualização

RENDER.................. Gera imagens fotorrealistas a partir de imagens

PMAT...................... Cria e atribui texturas (materiais) a objetos, o comando MATLIB também o faz, pode também ser criada texturas novas pelo usuário

Saveimg/Replay....... Cria e visualiza imagens raster. SAVEIMG gera arquivos raster (bmp, tif, tga...) gravando neles a parte da área gráfica apresentada na tela no memento da execução do comando ou uma área da mesma definida pelo usuário. O comando REPLAY apenas visualiza arquivos (bmp, tif, tga...) desaparecendo após o comando REGEN

SCENES................... Cria ambientes para renderização, criam-se as luzes (Lights) e definem-se os ângulos de visualização da peça ou ambiente (DVIEW ou VIEW)

1. Criar vista

2. Criar luzes

3. Criar as cenas

4. Atribuir textura (material) aos objetos

5. Aplicar o comando RENDER

Utilize o comando DVIEW para posicionar o observador (câmara)

Utilize o comando DDVIEW ou VIEW para salvar as vistas definidas pelo comando DVIEW

SHADE.................... Gera sombreamento simples, pouco refinado

STATS.................... Estatísticas de renderização

SÓLIDOS

EXTRUDE............... Gera objetos sólidos por extrusão, através de um caminho definido por uma entidade (linha, arco, etc) ou apenas por um perfil gerador

FACETRES.............. Número de faces para hide, shade e render (curvas para objetos sólidos)

INTERFERENCE.... Cria objetos na intersecção entre sólidos

INTERSECT............ Gera um objeto sólido a partir do volume comum a dois ou mais objetos

ISOLINES................ Quantidade de wreframes (linhas estruturais ou contornos) em sólidos

REVOLVE............... gera sólidos por revolução de um perfil em torno de um eixo real ou imaginário

SECTION................. Cria secções em peças sólidas, ou seja, extrai secções que passam por planos indicados pelo usuário.

SLICE...................... Divide um sólido em 2 partes usando um plano indicado pelo usuário

SUBTRACT............. Subtrai um objetos sólidos de outro, o objeto gerado é um novo sólido

UNION..................... Une objetos sólidos formando um apenas cujas propriedades físicas podem ser extraídas